Os agentes do Programa de Combate à Dengue de São Félix do Xingu estão visitando os imóveis e terrenos do bairro Novo Horizonte, com o objetivo de eliminar os criadouros do mosquito Aedes Aegypti. Cabe ressaltar que os cuidados de prevenção e controle da dengue devem ser seguidos também pela população mesmo com a pandemia do novo coronavírus, sendo que estamos no período do inverno amazônico, e essa estação do ano irá contribuir com a proliferação do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika durante todo o ano.

A orientação nesse momento da Prefeitura de São Félix do Xingu é que os moradores verifiquem constantemente as residências para eliminar os acúmulos de água, que são os locais propícios para a criação do mosquito transmissor da dengue, bem como Chikungunya e Zika.

Uma ação emergencial denominada de arrastão da saúde está sendo executada no Bairro Novo Horizonte pela Secretaria Municipal de Saúde de São Félix do Xingu, devido a comprovação por meio de Boletim Epidemiológico por meio de Levantamento de índice Rápido para o Aedes Aegypti (LIRAa), gerado no mês de janeiro coloca o bairro com índice de 25,10%, sendo o mais alto de todos os 18 bairros e o Distrito Taboca, Informou Tatiane Gomes, Coordenadora de Vigilância em Saúde.  

“Então nós resolvemos fazer esta ação para não ter um novo surto, né? Uma nova pandemia aí, nosso índice está muito alto, tem muitos casos de dengue, zika, chikungunya pode acontecer também. Então com isso a gente resolveu prevenir para não ter mais casos de dengue né, e a gente pede você para cuidar do seu quintal né, porque essa ação a gente passa pelo bairro, eles conscientizam os moradores, mas manter o quintal limpo é dever da população”.

A aposentada Genair Kozorewicz e moradora do Bairro Novo Horizonte a 33 anos, abriu a porta de casa e permitiu a visita da agente de endemias e aprovou ação do governo. “Oh de casa, bom dia senhora! Bom dia! Sou agente da dengue, meu nome é Maria Isabel, vou pedir permissão a senhora para entrar na sua residência. É muito importante né visitar porque as vezes tem algumas pessoas que são descuidadas, agora eu aqui, eu gosto muito de cuidar e o trabalho de vocês também é muito importante”.

Para dona Nadir Silvia da Silva, o combate à dengue tem que ser um dever de todos. “É tem que zelar para ajudar né, que se não zelar do quintal, não serve o trabalho de vocês, né? Porque vocês só passam e vão embora e os quintais maus cuidados ficam”.

Outra moradora do Bairro Novo Horizonte a senhora Lindaura Souza explicou que na casa dela não tem essa de água parada e classificou a ação dos agentes de endemias de grande importância para a saúde dos moradores. “Está bom, graças a Deus sobre a água eu tenho um tambor ali e sempre coloco água, mas sempre coloco remédio dentro porque junta água para dar para os cachorros, sabe”?.

Dicas para eliminar os criadouros do mosquito

Coloque areia nos pratos ou deixem sem pratos; Piscinas devem ser mantidas limpas o ano todo; Telar os ralos; Recolher e acondicionar o lixo em local coberto; Cisternas e reservatórios devem ser mantidos fechados.

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.