Quando você planta cacau, você contribui para a proteção do meio ambiente. A planta que dá origem à matéria prima do chocolate está servindo como fonte de renda e transformação social para muitos agricultores no município de São Félix do Xingu.

A região tem uma quantidade expressiva de áreas degradadas ou alteradas que podem servir para expansão da cacauicultura, além do mais os produtores ou agricultores rurais podem agregar ainda os benefícios da produção de cacau tanto para o meio ambiente quanto para os trabalhadores e consumidores.

O município de São Félix do Xingu conta com clima e solo altamente propícios para cultivo do cacau em sistemas agroflorestais, por tanto o produtor interessado em plantar cacau, dadas as vantagens técnicas, econômicas e ambientais que a cultura oferece aos agricultores.

Como política de incentivo à produção sustentável é que a Prefeitura de São Félix do Xingu realiza durante todo o mês de fevereiro e início de março via Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento convoca agricultores familiares para realizarem cadastro para o Programa de Aquisição de Sementes de Cacau.  

As inscrições possibilita aos agricultores de São Félix do Xingu receberem 1, 5 milhão de sementes híbridas de Cacau produzidas com a melhor genética na Estação do município de Tucumã da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira – Ceplac, informou Katiúscia Guimarães, técnica agrícola da Prefeitura de São Félix do Xingu.  

Katiúscia Guimarães explica ainda que os agricultores interessados deverão comparecer ao prédio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagri), localizada na Avenida Piauí, Nº 1604, no horário de expediente das 08h às 12 e das 14h às 18h ou caso prefira contato telefônico via WhatsApp (94) 9. 8133 – 6034 (Falar com Katiúscia) ou (94) 9. 662 – 6498 (Falar com Deusilene). Detalhe é necessário apresentar dos documentos pessoais, e um documento da propriedade rural que no caso pode ser o Cadastro Ambiental Rural (CAR).   

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.