O Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) teve início em São Félix do Xingu na data do dia 22 de agosto do ano de 2022. Até aí tudo certo, se não fosse um detalhe; Os recenseadores estão encontrando dificuldade para fechar a contagem da população. É que muitos moradores não estão abrindo as portas o que vem dificultando para que o trabalho feche em 100% a contagem de todos os moradores. Com isso o município poderá ficar prejudicado para receber recursos para custear investimentos em saúde e educação, por exemplo.

Com a defasagem provocada pela falta de Censo, o município de São Félix do Xingu receberá recursos federais bem abaixo do necessário.

Com a defasagem provocada pela falta de Censo, o município de São Félix do Xingu receberá recursos federais bem abaixo do necessário. Para isso, alerta Gabriel Silva, Agente Censitário Municipal, responsável pelo o Posto de Coleta no município, é necessário que as pessoas atendam e respondam ao questionário e receba os recenseadores em suas residências.

Com a defasagem provocada pela falta de Censo, o município de São Félix do Xingu receberá recursos federais bem abaixo do necessário.

“A pesquisa do IBGE é de suma importância para o nosso município, não apenas para o nosso presente mais principalmente para o nosso futuro, os moradores não sendo contabilizado isso afetará diretamente na vida da nossa sociedade, para tanto nós reforça a importância para que você não fique de fora, estão estamos na cidade e na zona rural ou nos procure aqui no Posto de Coleta aqui do lado do Fórum junto a Junta Militar”, enfatiza Silva.

Ao tomar conhecimento que os recursos do Governo Federal são transferidos para o município de acordo com o índice populacional, Jeferson Freitas, que atualmente reside no Setor Rodoviário fez questão de receber a recenseadora do IBGE em sua residência e abriu a porta de casa, para ser contabilizado como morador de fato e de direito de São Félix do Xingu.

Com a defasagem provocada pela falta de Censo, o município de São Félix do Xingu receberá recursos federais bem abaixo do necessário.

“Quero dizer pra população de São Félix do Xingu que eles venham fazer parte dessa pesquisa do IBGE e só assim o município nosso município poderá receber corretamente os percentuais para a nossa Saúde, Educação, Saneamento Básico, então se a população de São Félix do Xingu não receber os agentes do IBGE não vai ter como o governo destinar as emendas para o nosso município, então peço a você, moradores de São Félix do Xingu, que venha receber o IBGE, que é de suma importância para nós moradores de São Félix do Xingu”, comentou Freitas.

O Censo tem por objetivo traçar um perfil da população xinguenses, e desde então os recenseadores foram a campo realizar a contagem da população tanto da área urbana quanto rural. Porém ainda faltam muitas pessoas a serem contabilizadas para que atinjam 100% de todos os moradores.

Com a defasagem provocada pela falta de Censo, o município de São Félix do Xingu receberá recursos federais bem abaixo do necessário.

Para tanto é requisitado a população que colabore com o trabalho dos recenseadores a fim que o município possa alcançar uma ampla cobertura dos dados, o que possibilitará a administração municipal chegar a um diagnóstico que represente a realidade do município de São Félix do Xingu.

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

4 respostas

    1. Olá, dona Alacino da Silva Lira, sua solicitação foi devidamente encaminhada para o IBGE, para as devidas avaliações.

      Grato, Equipe de Comunicação Social do Governo ” Compromisso com o Trabalho”.

  1. A equipe não está fazendo um trabalho eficiente tem q pegar o nome de todos da casa e não fizeram aqui eu tenho duas família nas quit Net elas não anotou os nomes das famílias só pegou o meu nem do meu esposo pegou

    1. Olá, dona Janete Cavanhol, sua solicitação foi devidamente encaminhada para o IBGE, para as devidas avaliações.

      Grato, Equipe de Comunicação Social do Governo ” Compromisso com o Trabalho”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *