O inverno amazônico na região do Araguaia Paraense no Sudeste do Estado do Pará provocou desde da manhã desta quarta – feira (19) no município de São Félix do Xingu alterações no trajeto da travessia de pedestres e motoristas nas águas do Rio Fresco e Xingu por meio de Balsas tanto do Porto Santa Rosa quanto Taboca.

O tempo de travessia também foram alterados agora leva mais tempo para travessia dos rios o que antes levava algo em torno de 45 minutos (Taboca) e 60 minutos (Santa Rosa) agora está bem mais demorado. O embarque de desembarque está ocorrendo em frente à Câmara Municipal de Vereadores de São Félix do Xingu.

ALERTA – Mauro Sousa Coordenador Municipal de Proteção e Defesa Civil da Prefeitura de São Félix do Xingu, informou que o Rio Xingu especificamente está a 4 metros a nível do rio e que o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) órgão ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento prevê fortes chuvas intensas de 30 e 60 mm/h e ventos intensos de 60 -100 km/h para essa quinta – feira ( 20), o que oferece risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

A Coordenação Municipal de Trânsito de São Félix do Xingu, esteve com os agentes de trânsito na parte da manhã desta quarta – Feira (19) organizando o fluxo de veículos e pedestres de onde estão saindo as Balsas para o Porto Santa Rosa e Taboca.   

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.