João Cleber e Batista Abreu fizeram uma vistoria no pátio de veículos e constataram um abandono desolador da frota e maquinário municipais.  Mais de 30 ônibus estão parados e em péssimas condições, afirmam João Cleber e Batista Abreu. 

Levantamento completo está sendo feito, mas no pátio da prefeitura há vários veículos em estado de sucata. Prefeito João Cleber vai acionar o Ministério Público.

Na educação a gestão do prefeito João Cleber, encontrou frota de ônibus escolar totalmente sem condições rodagem e com sérios problemas mecânicos.  

A frota própria de veículos da Prefeitura Municipal de São Félix do Xingu, no sul do Pará, está sucateada. O abandono foi constatado por João Cleber Torres (MDB) e Batista Abreu (MDB), prefeito e vice-prefeito da cidade nesta nova gestão. O abandono revoltou os gestores, que vão acionar o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) para tomar providências.

Na saúde, várias ambulâncias comprometidas e sem condições de uso para transportarem pacientes para unidades de saúde.

Num passeio pelo pátio da prefeitura, é possível ver quantos veículos estão abandonados e sucateados. Carros, ônibus, caminhonetes e tratores que deveriam estar a serviço da população. Alguns, que estão em estado tão precário, no máximo poderão ser leiloados em condição de sucata. Mas nem isso a última gestão fez, para recuperar recursos e investir em manutenção ou na compra de novos veículos.

“30 vilas, 6 distritos, 20 aldeias indígenas, 17 assentamentos e nos deparamos com essa situação: maquinário, ônibus, caminhonetes… tudo abandonado e isso é uma tristeza. Eu e o Batista Abreu vamos dar um jeito. Vamos procurar o Governo do Estado e Câmara Municipal para devolver a dignidade a um povo que sofreu tanto com uma administração tão ruim”, disse o prefeito. 

São Félix do Xingu é um dos maiores municípios do Brasil em extensão territorial, com mais de 84 mil km². Por isso, deslocamentos de servidores para atender aos munícipes são constantes. Sobretudo para garantir o acesso de crianças e adolescentes às escolas. Isso foi uma das coisas que mais revoltou o prefeito.

“Fui prefeito de 2013 a 2016 e deixei os ônibus escolares rodando. Agora os veículos estão todos sucateados. Vou acionar o MPPA para saber o que fazer em relação a isso quando as aulas retornarem. São 50 linhas de transporte escolar. Não é possível que isso esteja acontecendo”, concluiu João Cleber. 

Prefeito eleito João Cleber, Vice- Prefeito Batista Abreu deparam com ônibus escolar completamente quebrados, sucateados sem condições de uso.

O senhor Osmar Ventura, morador de São Félix do Xingu, disse estar indignado ao ver as ambulâncias paradas. “Queremos justiça. A cidade é grande e não tem ambulância porque a ex-prefeita deixou sucatear tudo. Esperamos que o novo governo traga as ambulâncias todas de volta”, disse.

Por – Victor Furtado, da Redação Fato Regional.

O senhor Osmar Ventura, morador de São Félix do Xingu, disse estar indignado ao ver as ambulâncias paradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *