O prefeito de São Félix do Xingu, João Cleber acompanhado do Secretário de Cultura, Domingos Rodrigues (PX), Assis Feitosa, Secretário Adjunto da Secretaria de Administração e Planejamento, Moacir Sampaio Diretor Clínico do Hospital Municipal, Presidente licenciado do Sindicato dos Produtores Rurais, Francisco Torres – Torrinho, vereador Bibiano e de Raphael Antônio, Secretário de Saúde, recepcionaram o Governador do Estado do Pará, Helder Barbalho na cidade de Ourilândia do Norte para uma visita técnica nas obras do Hospital Regional da P A 279.


A visita técnica iniciou na primeira ala já construída e mobiliada. O hospital está sendo construído através de uma parceria da mineradora Vale com o Governo do Estado. A unidade hospitalar terá capacidade para atendimento de casos de alta complexidade e unidades de terapia intensiva (UTIs).

Ao todo, o hospital terá 120 leitos. Além de Ourilândia, o hospital vai beneficiar a população de 15 municípios da região sudeste do Pará, onde vivem mais de meio milhão de pessoas. O Hospital Regional contará com diversas especialidades médicas, entre elas cirurgia geral, oncologia, traumatologia, obstetrícia de alto risco, oftalmologia, nefrologia, cardiologia, além de UTIs adulto, pediátrico e neonatal.

O Prefeito João Cleber reforça que o Hospital irá contribuir para salvar vidas e é de grande importância para todos os municípios que integram a P A 279. Para São Félix do Xingu será muito significante essa obra quando entrar em funcionamento pretende –se desafogar a demanda da alta complexidade do Hospital Regional Público do Araguaia de Redenção.

“Estou muito feliz por ver as obras estarem sendo prontas. Nós já estamos com a parte ambulatorial toda realizada, agora já estamos no terceiro piso da construção da ala de leitos. Este hospital regional chega para descentralizar o atendimento, para poder cobrir toda esta região e fazer com que os municípios possam contar com mais um equipamento estratégico para salvar vidas”, declarou Helder Barbalho.

Ao Governo do Estado do Pará caberá a gestão, operação e manutenção do hospital por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.