O ano letivo 2023 da rede municipal de ensino de São Félix do Xingu foi aberto oficialmente nesta terça-feira (17), durante a primeira noite da Jornada Pedagógica, que tem como tema “Novos Caminhos para Repensar”. Porém as aulas para os mais de 18 mil alunos só iniciaram presencialmente conforme consta no calendário escolar e dentro da legislação da LDO a partir do dia 30 de janeiro tanto na cidade quanto na zona rural, sendo que a educação indígena será dia 13 de fevereiro, conforme o informado pelo o Professor Clebson Alves, Secretário de Educação.

O prefeito João Cleber, em sua mensagem enfatizou os avanços na educação municipal alcançados e por se tratar de ser filho de uma professora sabe reconhecer o trabalho dos profissionais de toda a rede de ensino. O chefe do Executivo ressaltou também a importância da Jornada Pedagógica e garantiu novos investimentos no que tange a aquisição de novos ônibus escolares, reformas e construção de escolas, creches, reforço na qualidade da merenda escolar entre outras ações e que assim como fez o pagamento dos 70% de rateio ou seja abono aos profissionais do magistério e reajustou o piso salarial para 33,24% tão logo que for publicado a nova portaria do Ministério da Educação (MEC), irá novamente cumprir integralmente o novo reajuste do Governo Federal.

A Jornada Pedagógica figura como um espaço para o diálogo, troca de saber, avaliação e planejamento, com esses objetivos é que a Secretaria Municipal de Educação realizou o encontro com os professores da Rede de Ensino Fundamental que lecionam nas áreas urbanas, rurais e nas comunidades indígenas. Por dois dias o evento transcorreu no Salão Paroquial Santiago da Igreja Católica, contando com a presença do prefeito João Cleber, do Secretário de Educação, professor Clebson Alves, vereadores, secretários, além de professores, entre outras pessoas.

Durante a abertura da Jornada, o Secretário Municipal de Educação, professor Clebson Alves prestou contas das ações realizadas durante os anos de 2021, 2022, ao relatar que foi difícil o momento devido a Pandemia Covid- 19, e que os profissionais da educação tiveram que se reinventar para levar aulas para os alunos no sistema remoto. O Secretário prossegue pontuando que o prefeito João Cleber não tem medido esforços para garantir diversos investimentos na educação pública.

“Então hoje nós estamos aqui reunido com professoras, professores, com todos que fazem a educação acontecer em São Félix do Xingu, a equipe SEMED, os professores que vem da zona rural, da educação do campo, dos 4 cantos do município, os professores que atendem na educação indígena e também os professores que atuam aqui na zona urbana, nós hoje temos cerca de 116 escolas, na verdade 116 escolas ativas destas apenas 19 aqui na zona urbana, as demais são 32 escolas indígenas, e nós estamos muito feliz com o resultado, nós estamos mesmo agradecidos a Deus e a parceria do Prefeito João Cleber”, informa, Clebson Alves, Secretário de Educação.

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *