A prefeitura de São Félix do Xingu também oferece uma atenção especial e educacional na educação indígena. Por meio da Secretaria de Educação algumas escolas estão sendo construídas. 

A construção chegaram na Escola Municipal de Ensino Fundamental Indígena Bepgôgôti, na Aldeia Rikaro localizada na Terra Indígena Mebêngôkre distante da sede do município de São Félix do Xingu aproximadamente cinco horas de voadeira pelas as águas do Rio Xingu sentido ao Estado do Mato Grosso.

De acordo com Adalberto Ribeiro da Silva coordenador da Educação Indígena órgão jurisdicional da Secretaria Executiva Municipal de Educação, informou que a reforma da Escola Bepgôgôti era um compromisso firmado pelo o Prefeito João Cleber com a comunidade indígena diante das condições em que as crianças e jovens estudavam. 

Segundo dados fornecidos pela a Secretaria Municipal de Educação de São Félix do Xingu e confirmadas pela a coordenação da educação indígena, o município detém 32 escolas em diversas terras indígenas. 

Outra informação é que a imunização dos indígenas está sendo coordenada pelo o Distrito Sanitário Especial Indígena Kaiapó do Pará e a previsão do retorno das aulas presenciais está programada para ocorrer no próximo dia 21 de fevereiro. 

 

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *