Pelo período de dez (10) meses estudantes brasileiros do curso de medicina da Universidad Sudamericana de Pedro Juan Caballero cidade Paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, no Estado do Mato Grosso do Sul, estiveram à disposição da Secretaria Executiva Municipal de Saúde de São Félix do Xingu, auxiliando os profissionais em diversos procedimentos médicos.

A Prefeitura de São Félix do Xingu e a Universidad Sudamericana firmaram parcerias via intercâmbio para que os estudantes do curso de medicina pudessem colocar em prática os conhecimentos obtidos nas aulas de medicina. Os residentes médicos saem da universidade médicos internos podendo atuar em Unidades Básicas de Saúde ou no programa de Médicos de Saúde da Família e é essa especialização permitirá que faça o Revalida o que concede permissão para que os médicos formados no Paraguai possam exercer a profissão em qualquer município do País.

Um exemplo destes intercâmbio entre Brasil e os País do Mercosul é possível ser compreendido com a criação de anos atrás pelo o Governo Brasileiro do Programa Mais Médicos. Com esse incentivo, os estudantes brasileiros do curso de medicina buscam essas alternativas mais acessíveis no Paraguai no caso específico para os médicos internos que estiveram em São Félix do Xingu. Também abrange os países de Venezuela e Bolívia. Porém voltamos a reforçar que mesmo sendo médicos os mesmos precisam passar pelo o Revalida que é um sistema de avaliação aplicado para médicos formados fora do Brasil.

Do Prefeito de São Félix do Xingu, João Cleber, Secretário de Saúde, Raphael Antônio, todos os profissionais de saúde que integram a Rede Municipal de Saúde, além das equipes do Hospital Municipal e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), foram unânimes e categóricos quanto a enorme contribuição que os Médicos Internos deram para a Saúde Pública de São Félix do Xingu. (Confiram no Portal da Prefeitura vídeo institucional).

Com mais de vinte e cinco (25) anos de profissão, médico e diretor clínico do Hospital Municipal de São Félix do Xingu, Dr. Moacir Sampaio explica que o prefeito João Cleber tem pautado sua administração como um visionário e ao fazê-lo esse convênio, abrindo oportunidade por meio deste intercâmbio, permitiu que todos os dias da gestão pudessem salvar vidas, fazer realmente saúde com amor e que certamente seremos preceptores na formação acadêmicos destes profissionais de saúde e que em qualquer parte deste Brasil, estarão aptos a praticarem a medicina de maneira extremamente profissional. “Eu digo isso porque eu a mais de duas décadas também passei por esses procedimentos, nós médicos ficamos cada vez mais profissional, comprometido com a medicina e consequentemente mais próximo com o paciente que vem em busca do atendimento médico”, frisa, Dr. Moacir Sampaio.

O Dr. Romeu Pontes, médico Ginecologista e Obstetra da Unidade do Materno infantil de São Félix do Xingu, explica que com a chegada dos médicos internos a saúde do município só teve benefícios para a população, além de aumentar o quadro médico o que possibilitou a realização de um número de atendimentos considerável. “E então é isso, esses jovens profissionais de saúde foram muito bem aplicados, dedicados, gostam da medicina é uma turma boa, por onde chegarem não tenho dúvida que farão o melhor pela a saúde da população”, enaltece o Médico Romeu Pontes.

Por fim, Tayanny Rodrigues, Diretora do Hospital, Dr. Richardson Médico na Unidade de Pronto Atendimento, Jaqueline dos Santos Médica Pediatra e Eliane Diretora da UPA, relataram também a troca de experiências e a  contribuição que os Médicos Internos  durante esses dez meses deram  para a saúde pública de São Félix do Xingu, iniciando no mês de agosto de 2021 “Compromisso com o Trabalho” administrada pelo o Prefeito João Cleber.

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.