Equipe de fiscalização e de conscientização ambiental da Secretaria Executiva Municipal de Meio Ambiente e Mineração (SEMMAS) da Prefeitura de São Félix do Xingu, liderada pelo o Secretário Sérgio Benedetti, abriu diálogo em reunião no auditório da Praça Céus, com representantes de empresas de revendas de produtos agrotóxicos (Herbicidas), técnicos agrícolas, agrônomos, ONG, para discutir a problemática do uso da aplicação de defensivos que, quer que seja por Aviação Agrícola ou por uso de Drones, podem estar trazendo prejuízos para  lavouras de cacau e polpas de frutas  ou até mesmo para o mercado do agronegócio.

FICOU DEFINIDO: Que no próximo dia 10 de novembro, no Parque de Exposição de São Félix do Xingu terá um posto de recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos de diversos insumos agrícolas. A expectativa é que centenas de produtores rurais tenham a oportunidade do descarte consciente.

Pilotos e empresários da avião agrícola, foram convidados porém até o fechamento desta reportagem não haviam comparecido ou mandado representantes legais para participar da reunião com órgãos ambientais do âmbito municipal e estadual, ao qual buscou discutir a situação da aplicação corretamente de agrotóxicos nas mais diversas propriedades rurais de São Félix do Xingu.

FICOU DEFINIDO: Que no próximo dia 10 de novembro, no Parque de Exposição de São Félix do Xingu terá um posto de recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos de diversos insumos agrícolas. A expectativa é que centenas de produtores rurais tenham a oportunidade do descarte consciente.

Sérgio Benedetti apresentou em telão data show, o Plano de Ação da Gestão Ambiental, proposto pela a gestão do Prefeito João Cleber, que trabalha ao lado do homem do campo, porém seguindo a Lei de Crimes Ambientais 9.605/98 que no caso específico prevê multas e até detenção no caso da comercialização e aplicação de Herbicidas indevidamente e sem as devidas licenças.

FICOU DEFINIDO: Que no próximo dia 10 de novembro, no Parque de Exposição de São Félix do Xingu terá um posto de recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos de diversos insumos agrícolas. A expectativa é que centenas de produtores rurais tenham a oportunidade do descarte consciente.

“O mundo e parte da mídia nacional e internacional tem tratado São Félix do Xingu como um problema para as causas ambientais (Queimadas, desmatamento) associado à produção da pecuária, mesmo dados oficiais apontarem que São Felix do Xingu, apresentar que 78% estarem preservados por cobertura florestal, o município convive à beira de um embargo”. Informou Sérgio Benedetti.

Por quase duas horas técnicos ambientais da Prefeitura de São Félix do Xingu e do Governo do Pará, debateram com pessoas ligadas ao mercado de agrotóxicos para que conscientize o produtor rural dado a importância da preservação ambiental e no caso específico do uso das embalagem de herbicidas o que poderá causar sérios problemas para o Meio Ambiente e evidentemente a saúde do ser Humano.

Por parte da Secretaria de Meio Ambiente e Mineração de São Félix do Xingu ficou definido que será lançada uma plataforma digital e comunicação visual por meio de panfletos trazendo informações pertinentes a licenciamento, uso, armazenamento e descarte das embalagens de herbicidas e além de itinerantes no Distrito Taboca entre outras ações.

“O assunto em relação aplicação de herbicidas, nós sabemos que infelizmente temos uma situação muito complicada no município que muitas vezes a aplicação ela não é feita de maneira adequada, não é feito o licenciamento através da Semmas e existe uma derivação para pequenos produtores rurais que são os vizinhos, que acabam tendo prejuízo, então nós abordamos o assunto, saímos com um grande Plano de Ação aqui para que a gente possa juntos com a equipe poder melhorar esse acesso de aplicação de herbicidas, reforçando que no dia 10 de novembro no Parque de Exposição nós vamos estar junto com a Aciamar que é a empresa que faz a destinação das embalagens e resíduos  de herbicidas, recebendo essas embalagens pra fazer a destinação adequada da reciclagem, então produtor rural, o pessoal de revenda agropecuária estão convidados e convocados aí a levar as embalagens utilizadas, por tanto estamos juntos, vamos em frente e a gente agradece mais uma vez o apoio, o investimento que o prefeito João Cleber coloca na Semas e no nosso município fazendo a diferença para que a gente possa crescer e evoluir juntos nas causas de preservação ambiental”.

Mais sobre a reunião sobre Licenciamento para aplicação de Herbicidas;

FICOU DEFINIDO: Que no próximo dia 10 de novembro, no Parque de Exposição de São Félix do Xingu terá um posto de recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos de diversos insumos agrícolas.

MISSÃO DA SEMMAS – SÃO FÉLIX DO XINGU: Implantar Políticas Públicas que favoreçam o desenvolvimento sustentável do município de São Félix do Xingu.

VISÃO: Ser referência estadual em Meio Ambiente através de processos para a sua proteção e desenvolvimento de métodos e práticas sustentáveis.

VALORES: Transparências, ética, comprometimento, respeito, cordialidade e profissionalismo, agilidade com qualidade.

LICENÇAS AMBIENTAIS PARA APLICAÇÃO DE HERBÍCIDAS: Autorização para recuperação de pastagem com uso de agroquímico de maneira simplificado; CAR, documentos pessoais, documento de posse, ou RB de Assentamento ou Título, memorial descritivo da área a ser limpa, comprovante de pagamento de boleto, xerox nota fiscal do herbicida, receituário agronômico, art do responsável pela aplicação do agroquímico, TCA Termo de Compromisso Ambiental.

#JoãoCleberTrabalhador
#BatistaAbreuTrabalhador
#OTrabalhoVoltou
#QuemAmaCuida
#OtrabalhoNaoPara
#CompromissoComoTrabalho

2 respostas

  1. Sou dono de uma das empresas de aviação agrícola aqui da cidade CEMA AVIAÇÃO AGRÍCOLA e não fui convidado para essa reunião pois se tivesse teria ido na hora.

    1. Olá senhor Olicio Cassimiro da Silva Junior, agradecemos seu contato, seu questionamento foi encaminhado para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Segue resposta! Agradecemos sua visita ao Portal da Prefeitura de São Félix do Xingu. Atenciosamente, equipe de Comunicação Social do Governo ” Compromisso com o Trabalho”.

      RESPOSTA: Agradecemos o seu contato! Infelizmente recorremos a outros entes e órgãos para obter os Contatos das empresas de aviação, pois não temos acesso a uma relação de cadastros! Realmente deve ter havido alguma falha por não ter lhe convocado! De qualquer maneira fica o convite para conhecer o teor da reunião e contribuir com nossas ações para melhorar as condições na utilização de herbicidas!

      Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *